quinta-feira, 31 de março de 2016

Sábado regressa o Fórum Nacional de Cultura Taurina no Campo Pequeno



Depois da pausa da Páscoa, o Fórum Nacional da Cultura Taurina regressa para o seu 3º dia que vai ter como temas o toiro de lide, os forcados e a comunicação da tauromaquia, com um leque de convidados de luxo.

O programa para este sábado será o seguinte:
10h30m – Conferência: Termografia e sua aplicabilidade no Toiro de Lide – Carolina Ferraz

11h30m – Mesa Redonda: Que toiro se está a criar para o futuro? - António Veiga Teixeira (Ganadeiro), João Ribeiro Telles (Ganadeiro), António Raúl Brito Paes (Ganadeiro) - Moderador Miguel Ortega

15h00m – Mesa Redonda: Qual o próximo passo na evolução da Pega? – Peu Torres (antigo Forcado), Diogo Sepúlveda (Forcado), Vasco Pinto (Forcado) e Pires da Costa (antigo Forcado). Moderador: José Cáceres

16h30m – Mesa Redonda: Como promover a Tauromaquia no século XXI? - Paulo Pessoa Carvalho (Empresário), Paulo Pinto (Agência de Publicidade), Hélder Milheiro (Comunicação Taurina), António Sousa Duarte (Agência de Comunicação) – Moderador: Miguel Soares


Saiba tudo sobre o fórum em http://gtsector1.blogspot.com e garanta já o seu 'Passe Diário' para os dias 2, 9 e 16 de Abril, através do email do Grupo Tauromáquico 'Sector 1', grupotauromaquicosector1@gmail.com


sábado, 19 de março de 2016

2º dia do I Fórum Nacional da Cultura Taurina: uma extraordinária viagem no tempo



Única, emotiva e arrebatadora, assim foi a sessão dedicada à História da Tauromaquia, incluída no I Fórum Nacional da Cultura Taurina, a decorrer na Praça de Toiros do Campo Pequeno.

Pelas palavras do Coronel José Henriques fez-se uma verdadeira viagem no tempo, desde os primórdios da Tauromaquia até à actualidade, num percurso traçado entre Espanha e Portugal, contando-se nomes, feitos e histórias, do toureio a cavalo ao toureio a pé, forcados e ganadarias, sentindo-se lides e faenas como se naquele mesmo momento se estivessem a presenciar.

A plateia, completamente rendida à extraordinária apresentação do orador convidado, perdeu-se nas horas, numa manhã que acabou por entrar tarde dentro e onde não faltaram verdadeiros momentos de emoção.

Terminada a 'faena', houve ainda oportunidade para os assistentes de visitarem o Museu do Campo Pequeno.

O I Fórum Nacional da Cultura Taurina prossegue dia 2 de Abril com sessões dedicadas ao toiro de lide, aos forcados e à comunicação da tauromaquia.

Neste momento, decorrem inscrições de 'Passe Diário' para os dias 2, 9 e 16 de Abril, através do email do Grupo Tauromáquico 'Sector 1', grupotauromaquicosector1@gmail.com .


#FNculturataurina



Fotografias: Frederico Henriques




















quinta-feira, 17 de março de 2016

2º Dia do Fórum Nacional da Cultura Taurina dedicado à História da Tauromaquia



Depois da casa cheia no primeiro dia do I Fórum Nacional da Cultura Taurina, este sábado, dia 19 de Março, o Campo Pequeno recebe mais um dia de actividades. O segundo dia será dedicado à História da Tauromaquia e terá como orador o coronel José Henriques que, a partir das 10h30, irá abrir o livro da história das origens e evolução da tauromaquia. Esta será uma oportunidade de ficar a conhecer muitos dos detalhes e curiosidades do extraordinário percurso desta arte tão portuguesa. No final desta sessão, todos os assistentes farão uma visita guiada ao Museu do Campo Pequeno. 


Não perca esta oportunidade e faça já a sua inscrição. 




Sobre o Fórum



O primeiro Fórum Nacional da Cultura Taurina vai ser realizado no Campo Pequeno, em Lisboa, a partir do dia 12 deste mês, para dar a conhecer a arte e projetar o seu futuro, anunciou o GT Sector 1.


O fórum, composto por aulas teóricas, conferências e mesas redondas vai decorrer durante seis sábados consecutivos, até ao dia 16 de abril, por iniciativa do Grupo Tauromáquico Sector 1, o mais antigo do país.


"Apesar de ser dirigido a aficionados, é um evento aberto para o grande público que desconhece a festa. Queremos dar a conhecer o que é a tauromaquia, para além do que se passa numa praça de toiros", explicou hoje a presidente do Grupo Tauromáquico Sector 1, Patrícia Sardinha, em declarações à agência Lusa.


Além da captação de "novos públicos" para a festa brava, o fórum tem também como objetivo "lançar bases" para o futuro da tauromaquia em Portugal.
Inscrições


O Passe Geral, para a totalidade do Fórum, tem um valor de 25€ para sócios do Grupo Tauromáquico Sector 1 e para menores de 23 anos, e de 35€ para não sócios. O Passe Diário tem um valor de 7€ para sócios do Grupo Tauromáquico Sector 1 e para menores de 23 anos, e de 8€ para não sócios. O pagamento é efectuado no primeiro dia de inscrição, aquando do registo. 

O pagamento é efectuado no primeiro dia de inscrição, aquando do registo na Praça do Campo Pequeno. De que está à espera? Reserve já o seu Passe no email grupotauromaquicosector1@gmail.com indicando o Passe que pretende. Caso seja um Passe Diário indique os dias que pretende.
Programa:


Dia 12 de Março:
10h00m – Recepção/Formalização das Inscrições; 
10h30m – Sessão de Abertura;
11h00m – Conferência: História dos Toiros de Morte em Portugal - Prof. Dr. Luís Capucha (Sociólogo, Professor Universitário e Investigador do ISCTE) 
12h30m – Conferência: Gerir as Touradas como marca cultural no século XXI e o activismo taurino – Hélder Milheiro (Federação Protoiro)


Dia 19 de Março: 
10h30m – Conferência: História da Tauromaquia em Portugal – Coronel José Henriques


Dia 2 de Abril:
10h30m – Conferência: Termografia e sua aplicabilidade no Toiro de Lide – Carolina Ferraz
11h30m – Mesa Redonda: As Crianças e a Tauromaquia (participantes a anunciar)
14h30m – Mesa Redonda: Qual o próximo passo na evolução da Pega? – Peu Torres (antigo Forcado), Diogo Sepúlveda (Forcado), Vasco Pinto (Forcado) e mais um participante. Moderador: José Cáceres
16h00m – Mesa Redonda: Como promover a Tauromaquia no século XXI? - Paulo Pessoa Carvalho (Empresário), Paulo Pinto (Agência de Publicidade), Hélder Milheiro (Comunicação Taurina), António Sousa Duarte (Agência de Comunicação) – Moderador: Miguel Soares


Dia 9 de Abril: 
11h00m – Mesa Redonda: Estratégias para revitalizar o Toureio a Pé em Portugal – António dos Santos (Matador) Vítor Mendes (Matador), Ricardo Levesinho (Empresário) e mais um participante.
12h30m – Conferência: O Médico Veterinário e o Bem-estar Animal: sua importância no espectáculo taurino – Dr. Jorge Moreira da Silva (Médico Veterinário)
14h30m – Conferência: Os sentidos do Toiro de Lide – Profª Drª Luísa Mendes Jorge (Professora Universitária e Investigadora da Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa)
16h00m – Mesa Redonda: Que toiro se está a criar para o futuro? - António Veiga Teixeira (Ganadeiro), João Ribeiro Telles (Ganadeiro), Calejo Pires (Ganadeiro), mais um participante - Moderador Miguel Ortega



Dia 16 de Abril:
11h00m – Mesa Redonda: Em que sentido está a evoluir o Toureio a Cavalo? – Luís Valença (Mestre Equitador), António Ribeiro Telles (Cavaleiro), João Salgueiro (Cavaleiro), Filipe Gonçalves (Cavaleiro), Duarte Pinto (Cavaleiro) – Moderador: Cor. José Henriques
12h30m – Conferência: Impacto económico da Tauromaquia: O caso das Capeias Arraianas – Filipa Pucariço
14h00m – Mesa Redonda: A Tauromaquia como inspiração para as outras artes - Pedro Cabrita Reis (Artista Plástico), Alexandre Pomar (Crítico de Arte), Maria Alzira Seixo (Especialista em Literatura Portuguesa), Alice Vieira (Escritora) e Henrique Cayatte (Designer e Ilustrador) - Moderador Elísio Summavielle (Presidente do CCB). 
16h00m – Encerramento do Fórum. 


O programa pode sofrer alterações por motivos imprevistos.

segunda-feira, 14 de março de 2016

Conclusões do 1º dia do Fórum Nacional da Cultura Taurina


No passado sábado deu-se início ao I Fórum Nacional da Cultura Taurina, organizado pelo Grupo Tauromáquico Sector 1, que irá decorrer durante vários sábados até 16 de Abril. 


Na sessão de abertura o Dr. Paulo Pereira, em nome da Administração do Campo Pequeno, deu as boas vindas a todos os participantes e louvou a iniciativa que o Campo Pequeno tem a honra de apoiar. A presidente do GT Sector 1, Patrícia Sardinha, destacou os objectivos que fundamentaram a criação deste Fórum, incidindo na sua componente formativa para os aficionados e de abertura da tauromaquia à sociedade, pois só conhecimento pode levar a uma compreensão da cultura taurina.

Perante casa cheia, a primeira conferência foi dedicada ao tema da “História dos Toiros de Morte em Portugal” pela voz do sociólogo e professor universitário Luís Capucha. Depois de uma percurso pela história das corridas com toiros de morte em Portugal, o sociólogo referiu que “Os toiros de morte não devem ser encarados como uma concessão mas como um direito”, separando a ideia de que o toureio a pé não faça parte da tradição tauromáquica portuguesa pois ao contrário do que muitas vezes se transmite, a corrida Mista, com cavaleiros, forcados e matadores, foi a corrida dominante durante o século XX, tendo diminuído só nas últimas décadas.

Resultou muito elucidativa a comparação da argumentação pro e contra toiros de morte, apresentada pelo orador, com base nos textos dos anos 30, aquando das ultimas corridas legais com toiros de morte, pois esta é praticamente igual à argumentação dos nossos dias. Luís Capucha afirmou ainda que “o regresso da corrida integral terá que partir dos aficionados e dos municípios”. 




A segunda conferência por Helder Milheiro, da Protoiro, Federação Portuguesa de Tauromaquia, incidiu sobre a análise da percepção e realidade do valor social da tauromaquia. Depois de uma análise dos dados sobre a opinião dos portugueses sobre as touradas (sondagem da Eurosondagem), em que 86% não defende medidas de proibição da tauromaquia, 32,7% dos portugueses são aficionados e somente 11% se declaram antitaurinos, constatou-se que os media não reflectem a importância social que a tauromaquia tem, apesar de vários bom exemplos. 

Perante esta situação e, numa sociedade mediática, Helder Milheiro defendeu que “é necessário gerir a comunicação do valor da tauromaquia na sociedade de uma forma poderosa e estratégica, que permita que os cidadãos acedam a informação verdadeira e rigorosa.” Só assim se poderá superar o preconceito antitaurino e esclarecer a sociedade. O orador deixou ainda uma mensagem muito positiva sobre o futuro referindo que actualmente temos “aficionados mais conscientes e mobilizados do que nunca, existe uma consciência taurina global nunca vista e mais ferramentas que nunca para difusão do valor social da tauromaquia, pelo que o futuro está nas nossas mãos.”

O I Fórum Nacional da Cultura Taurina continua já no próximo sábado, dia 19, com uma aula sobre a História da Tauromaquia, proferida pela Coronel José Henriques. Conheça todo o programa e reserve já o seu lugar emhttp://gtsector1.blogspot.pt.

sexta-feira, 11 de março de 2016

Inicia amanhã o I Fórum Nacional da Cultura Taurina


É já amanhã que tem início o I Fórum Nacional da Cultura Taurina a realizar na Praça de Toiros do Campo Pequeno, em Lisboa.

Do cartel inicial fazem parte a História dos Toiros de Morte em Portugal, pelo Prof. Dr. Luís Capucha, e a conferência, Gerir as Touradas como marca cultural no século XXI e o activismo taurino, pelo representante da comissão executiva da Protoiro, Hélder Milheiro.

As inscrições estão prestes a terminar, tendo o evento dois tipos de registo: o Passe Geral, que permite assistência a todas as sessões, e o Passe Diário, que mediante pagamento de um valor por dia, permite aos inscritos seleccionar os dias para assistência.

Esta sessão de abertura conta ainda com o acréscimo de ter entrada gratuita para os sócios do Sector 1 e seus acompanhantes.

O certame inicia amanhã, 12 de Março, e decorrerá aos sábados até 16 de Abril, excepto no fim-de-semana da Páscoa.




quinta-feira, 10 de março de 2016

I Fórum Nacional da Cultura Taurina - Programação (actualizada)


Sábado tem início o I Fórum Nacional da Cultura Taurina


O I Fórum Nacional da Cultura Taurina vai ser realizado no Campo Pequeno, em Lisboa, a partir do dia 12 deste mês, para dar a conhecer a arte e projetar o seu futuro, anunciou o GT Sector 1.



O Fórum, composto por aulas, conferências e mesas redondas vai decorrer durante cinco sábados, até ao dia 16 de abril, por iniciativa do Grupo Tauromáquico Sector 1, que cumpre em Maio, 84 anos de existência.


"Apesar de ser dirigido a aficionados, é um evento aberto para o grande público que desconhece a festa. Queremos dar a conhecer o que é a tauromaquia, para além do que se passa numa praça de toiros", explicou a presidente do Grupo Tauromáquico Sector 1, Patrícia Sardinha, em declarações à agência Lusa.


Além da captação de "novos públicos" para a festa brava, o Fórum tem também como objetivo "lançar bases" para o futuro da tauromaquia em Portugal.


"A maioria dos temas a debater é a pensar no futuro. Queremos analisar os pontos em que estamos a falhar, o que podemos melhorar e lançar, acima de tudo, uma defesa forte da festa, com argumentos válidos e consistentes", disse.


O Grupo Tauromáquico Sector 1, fundado a 01 de maio de 1932, pretende ainda, através do evento, "dar formação" aos participantes e "fomentar o pensamento e a discussão" da tauromaquia portuguesa, facultando uma compreensão "mais aprofundada" da cultura taurina, nas suas componentes histórica e técnica.


Os promotores querem também debater os desafios que esta expressão artística enfrenta nos dias de hoje. A "Tauromaquia e a sua relação às outras artes", "A promoção da tauromaquia no século XXI", "As preocupações de bem-estar animal na tauromaquia" ou a "História da tauromaquia portuguesa" são alguns dos temas que vão ser abordados durante o fórum.


As inscrições podem ser realizadas através do email grupotauromaquicosector1@gmail.com . O Fórum terá o custo de 25€ para sócios do Grupo Tauromáquico Sector 1 e para menores de 23 anos, e de 35€ para não sócios. O pagamento é efectuado no primeiro dia de inscrição, aquando do registo.


PROGRAMAÇÃO

Dia 12 de Março:
10h00m – Recepção/Formalização das Inscrições;
10h30m – Sessão de Abertura;
11h00m – Conferência: História dos Toiros de Morte em Portugal - Prof. Dr. Luís Capucha
12h30m – Conferência: Gerir as Touradas como marca cultural no século XXI e o activismo taurino – Hélder Milheiro (Federação Protoiro)


Dia 19 de Março:
10h30m – Conferência: História da Tauromaquia em Portugal – Coronel José Henriques


Dia 2 de Abril:
10h30m – Conferência: Termografia e sua aplicabilidade no Toiro de Lide – Carolina Ferraz
11h30m – Mesa Redonda: As Crianças e a Tauromaquia (participantes a anunciar)
14h30m – Mesa Redonda: Qual o próximo passo na evolução da Pega? – os forcados Peu Torres, Pires da Costa, Diogo Sepúlveda, Vasco Pinto. Moderador: José Cáceres
16h00m – Mesa Redonda: Como promover a Tauromaquia no século XXI? - Paulo Pessoa Carvalho (Empresário Taurino), Hélder Milheiro (Comunicação Taurina), António Sousa Duarte (Agência de Comunicação), Paulo Pinto (Agência de Publicidade)  – Moderador: Miguel Soares (aficionado)


Dia 9 de Abril:
11h00m – Mesa Redonda: Estratégias para revitalizar o Toureio a Pé em Portugal – os matadores António dos Santos e Vítor Mendes, Ricardo Levesinho e outro.
12h30m – Conferência: O Médico Veterinário e o Bem-estar Animal: sua importância no espectáculo taurino – Dr. Jorge Moreira da Silva
14h30m – Conferência: Os sentidos do Toiro de Lide – Profª Drª Luísa Mendes Jorge
16h00m – Mesa Redonda: Que toiro se está a criar para o futuro? - participantes a anunciar - Moderador Miguel Ortega (crítico taurino)

Dia 16 de Abril:
11h00m – Mesa Redonda: Em que sentido está a evoluir o Toureio a Cavalo? – Mestre Luís Valença, os cavaleiros António Ribeiro Telles, João Salgueiro, Filipe Gonçalves e Duarte Pinto – Moderador: Cor. José Henriques
12h30m – Conferência: Impacto económico da Tauromaquia: O caso das Capeias Arraianas – Filipa Pucariço
14h00m – Mesa Redonda: A Tauromaquia como inspiração para as outras artes - Pedro Cabrita Reis (artista plástico), Alexandre Pomar (crítico de arte), Maria Alzira Seixo (especialista em literatura portuguesa), Alice Vieira (escritora) e Henrique Cayatte (designer) - Moderador Elísio Summavielle (director do CCB)
16h00m – Encerramento do Fórum.

quarta-feira, 9 de março de 2016

Já se pode inscrever para dias soltos à sua escolha


Novas opções de inscrição no I Fórum Nacional da Cultura Taurina


Devido a muitos pedidos dos aficionados para poderem assistir a dias específicos do I Fórum Nacional da Cultura Taurina e, para aumentar a acessibilidade dos mesmos ao Fórum, o Grupo Tauromáquico Sector 1 decidiu alargar as opções de inscrições disponíveis.


Assim, foi criado o Passe Diário tem um valor de 7€ para sócios do Grupo Tauromáquico Sector 1 e para menores de 23 anos, e de 8€ para não sócios. O pagamento é efectuado no primeiro dia de inscrição, aquando do registo.


Mantêm-se o Passe Geral, para a totalidade do Fórum, que tem um valor de 25€ para sócios do Grupo Tauromáquico Sector 1 e para menores de 23 anos, e de 35€ para não sócios.


O pagamento é efectuado no primeiro dia de inscrição, aquando do registo na Praça do Campo Pequeno. 

De que está à espera? 

Reserve já o seu Passe no email grupotauromaquicosector1@gmail.com indicando o Passe que pretende. 

Caso seja um Passe Diário indique os dias a que pretende assistir.

As inscrições terminam em breve!!!

sexta-feira, 4 de março de 2016

Campo Pequeno recebe I Fórum Nacional da Tauromaquia



O primeiro Fórum Nacional da Cultura Taurina vai ser realizado no Campo Pequeno, em Lisboa, a partir do dia 12 deste mês, para dar a conhecer a arte e projetar o seu futuro, anunciaram hoje os promotores.



O fórum, composto por aulas teóricas, conferências e mesas redondas vai decorrer durante seis sábados consecutivos, até ao dia 16 de abril, por iniciativa do Grupo Tauromáquico Sector 1, o mais antigo do país.

"Apesar de ser dirigido a aficionados, é um evento aberto para o grande público que desconhece a festa. Queremos dar a conhecer o que é a tauromaquia, para além do que se passa numa praça de toiros", explicou hoje a presidente do Grupo Tauromáquico Sector 1, Patrícia Sardinha, em declarações à agência Lusa.

Além da captação de "novos públicos" para a festa brava, o fórum tem também como objetivo "lançar bases" para o futuro da tauromaquia em Portugal.

"A maioria dos temas a debater é a pensar no futuro. Queremos analisar os pontos em que estamos a falhar, o que podemos melhorar e lançar, acima de tudo, uma defesa forte da festa, com argumentos válidos e consistentes", disse.

O Grupo Tauromáquico Sector 1, fundado a 01 de maio de 1932, pretende ainda, através do evento, "dar formação" aos participantes e "fomentar o pensamento e a discussão" da tauromaquia portuguesa, facultando uma compreensão "mais aprofundada" da cultura taurina, nas suas componentes histórica e técnica.

Os promotores querem também debater os desafios que esta expressão artística enfrenta nos dias de hoje.

A "Tauromaquia e a sua relação às outras artes", "A promoção da tauromaquia no século XXI", "As preocupações de bem-estar animal na tauromaquia" ou a "História da tauromaquia portuguesa" são alguns dos temas que vão ser abordados durante o fórum.

O evento vai contar com a participação de vários nomes da tauromaquia portuguesa, como o matador de toiros Vítor Mendes ou os cavaleiros António Ribeiro Telles e Rui Salvador, além de personalidades de diferentes áreas da cultura, como Elísio Summavielle, Pedro Cabrita Reis, Alexandre Pomar, Maria Alzira Seixo e Henrique Cayatte.







Agência Lusa

quarta-feira, 2 de março de 2016

Abertas as inscrições para o I FÓRUM NACIONAL DA CULTURA TAURINA




I FÓRUM NACIONAL DA CULTURA TAURINA


Já se pode inscrever no I Fórum Nacional da Cultura Taurina, a realizar em Lisboa entre Março e Abril.

Basta enviar um email até dia 10 de Março para grupotauromaquicosector1@gmail.com

Depois, é só aguardar que lhe seja enviado para o e-mail a Ficha de Inscrição, que deverá preencher, digitalizar e enviar para o mesmo email.

O Fórum terá o custo de 25€ para sócios do nosso Grupo e para menores de 23 anos, e de 35€ para não sócios. O pagamento é efectuado no primeiro dia de inscrição, aquando o registo.

Entre os muitos convidados, figuras da Festa e não só, informamos que estarão o Coronel José Henriques, os cavaleiros António Telles, Rui Salvador e Duarte Pinto, a veterinária Profª. Luísa Mendes Jorge, os forcados Carlos Peu Torres, Diogo Sepúlveda e Vasco Pinto, o Dr. Elísio Summavielle, o veterinário Jorge Moreira da Silva, Hélder Milheiro (Prótoiro) e muitos outros... que ao longo dos próximos dias daremos a conhecer e temos a certeza que irão surpreender.

Um evento único, que promete tornar-nos melhores aficionados, pois é preciso conhecer para entender e defender!


  

PROGRAMA PROVISÓRIO

I FÓRUM NACIONAL DA CULTURA TAURINA 
Praça de Toiros do Campo Pequeno, Lisboa 2016 

Dia 12 de Março:
10h00m – Recepção/Formalização das Inscrições;
10h30m – Sessão de Abertura;
11h00m – Conferência: História dos toiros de morte em Portugal;
12h30m – Conferência: Gerir as Touradas como marca cultural no século XXI e o activismo taurino;

Dia 19 de Março:  
10h30m – Aula: História da Tauromaquia em Portugal;

Dia 2 de Abril
10h30m – Conferência: Termografia e sua aplicabilidade no Toiro de Lide;
11h30m – Mesa Redonda: As Crianças e a Tauromaquia;
14h30m – Mesa Redonda: Qual o próximo passo na evolução da Pega?
16h00m – Mesa Redonda: Como promover a Tauromaquia no século XXI?

Dia 9 de Abril
11h00m – Mesa Redonda: Estratégias para revitalizar o Toureio a Pé em Portugal;
12h30m – Conferência: O Médico Veterinário e o Bem-estar Animal: sua importância no espectáculo taurino;
14h30m – Conferência: Os sentidos do Toiro de Lide;
16h00m – Mesa Redonda: Que toiro se está a criar para o futuro?

Dia 16 de Abril
11h00m – Mesa Redonda: Em que sentido está a evoluir o Toureio a Cavalo?
12h30m – Conferência: Impacto económico da Tauromaquia: O caso das Capeias Arraianas;
14h00m – Mesa Redonda: A Tauromaquia como inspiração das artes;
16h00m – Encerramento do Fórum.


NOTA IMPORTANTE: Programação passível de alteração